É de pequenino que... se aprende a observar aves!

"Há escolas que são gaiolas. Há escolas que são asas... Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são os pássaros em voo". Rubem Alves

Hoje queremos compartilhar com vocês um pouquinho do nosso último "vôo".
O destino: Escola Governador Heriberto Hulse, a escola municipal mais antiga de Joinville.
E foi na quinta feira, dia 30 de junho. Uma manhã fria, mas que logo foi aquecida pela acolhida calorosa da professora Bibiana e sua turminha de 5 anos de idade.

Fomos convidados, juntamente com o COAMA, para conversar com as crianças sobre a observação de aves.  Por estar em um local privilegiado, próximo ao morro do Boa Vista, é possível observar uma grande diversidade de pássaros nas dependências da escola. E a professora Bibiana vem desenvolvendo um trabalho muito rico com a turminha sobre este tema.


Enquanto o Pedro e o Anacleto falavam sobre os pássaros, os olhinhos das crianças ficavam vidrados, atentos aos detalhes e com os dedinhos levantados, à espera de uma oportunidade para contar a sua história. Foi impressionante o interesse dos pequenos pelo assunto. Ficavam maravilhados com cada foto, com as cores dos pássaros, querendo saber tudo sobre eles.




Depois da nossa conversa fomos carinhosamente conduzidos pelas crianças até as casinhas de passarinhos, que foram confeccionadas com as famílias, usando materiais recicláveis. Nesse momento a euforia foi grande: "Olha o meu ninho, tio!" - "E esse eu que fiz".



Quando retornamos para a sala e tudo ficou em silêncio, olha só quem resolveu aparecer: uma sabiá-una, que delicadamente pousou na bananeira e ficou ali, fazendo pose.


E no pátio da escola pudemos observar os canarinhos em busca das migalhinhas de pão que haviam sobrado do lanche. Atitude rotineira, segundo a diretora Marilda. Este aí até parece que parou para nos observar.

Já estávamos nos despedindo quando avistamos algo em meio a estrondosa árvore que sombreia a escola. Era um pássaro diferente! O Pedro e o Anacleto pegaram suas câmeras fotográficas. As crianças que estavam lanchando correram para o patio para ajudar a localizar a ave, que era muito esperta e não parava quieta, escondendo-se entre os galhos.

Infelizmente não conseguimos tirar uma boa foto da ave, mas viver este momento com toda a escola foi sensacional. Voltamos pra casa com as energias renovadas.

Queremos agradecer à Diretora Marilda, bem como aos demais funcionários da escola pela acolhida. E à professora Bibiana queremos parabenizar pela bela iniciativa. Quando incentivamos as crianças a observar aves estamos contribuindo para um futuro onde haja adultos mais sensíveis, que saibam amar, respeitar e cuidar da natureza.

Compartilhe

Veja também:

Próxima
« Prev Post
Anterior
Next Post »

1 Comentários:

Comentários
10/04/2017 2:23 PM delete

Linda matéria sobre a atividade de vocês nas escolas.
Compartilho com vocês a emoção de despertar nas nossas crianças o interesse pela nossa fauna e sua preservação. Parabéns pelo trabalho!!!!!

Reply
avatar